Agosto Lilás conta com atividades sobre trabalho, empreendedorismo e qualificação profissional
Agosto Lilás conta com atividades sobre trabalho, empreendedorismo e qualificação profissional
11/08/2021

Agosto Lilás conta com atividades sobre trabalho, empreendedorismo e qualificação profissional

As mulheres terão acesso a ações gratuitas nas áreas do empreendedorismo, trabalho e na qualificação profissional.

“É um marco importante no enfrentamento da violência doméstica e familiar contar com mais de uma década da Lei Maria da Penha. As mulheres passaram a ter uma ferramenta importante para ajudar na preservação de seus direitos e de sua vida”, afirmou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Aline Cardoso.

A secretária destacou que o trabalho em prol do público feminino continua para promover mais iniciativas como o programa Tem Saída, que completa três anos e busca promover a autonomia financeira para que a mulher saia do ciclo de violência.

Entre os próximos dias 9 e 13 estarão abertas as inscrições para o Contrata SP – Tem Saída, ação de empregabilidade que será realizada na unidade central do Cate – Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo. Com oferta de empregos, as candidatas que já integram o programa Tem Saída e interessadas em participar e, que estejam em situação de violência doméstica e familiar, terão a possibilidade de passar por processos seletivos em oportunidades nas áreas do comércio e serviços.

Já na segunda-feira (16) as participantes do Programa Operação Trabalho – POT Combate ao Desperdício de Alimentos contarão com oficina do programa Elabora da Fundação Paulista, ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo. Na ocasião, as beneficiárias, que atuam na orientação de feirantes e clientes na cidade, terão acesso à preparação para entrevista de emprego, formatação de currículo, dicas sobre o mercado de trabalho, entre outras.

Para o dia 17 de agosto, está programada uma live no Facebook da SMDET (@spsmdet) entre a coordenação do programa Tem Saída, a Defensoria Pública de São Paulo e empresas parceiras da iniciativa para discutir os impactos da violência doméstica no mercado de trabalho.

Teia Santo Amaro

A Prefeitura de São Paulo lançou um coworking público exclusivo para as empreendedoras da Zona Sul da capital. Localizado no Centro de Cidadania da Mulher – Santo Amaro, o Teia Santo Amaro, tem como objetivo impulsionar, apoiar e oferecer um espaço de trabalho para as donas de pequenos negócios da cidade. Em auditório anexo ao local será oferecida, na semana de 23 a 27 de agosto, capacitação às frequentadoras sobre os projetos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo como Fábrica de Negócios, Programa Mãos e Mentes Paulistanas e como se cadastrar para vagas de emprego no Cate, entre outras.

O Teia Santo Amaro tem capacidade para 14 mulheres trabalharem simultaneamente. No local, as empreendedoras encontram um espaço, totalmente gratuito, com acesso a computadores, internet, mentorias, palestras, oficinas e estímulo à formação de rede de contatos.

Em decorrência da pandemia do coronavírus, o Teia está funcionando em horário reduzido e por meio de agendamento, respeitando todos os protocolos de segurança das organizações de saúde. Para agendar um horário, clique aqui.

O Teia Santo Amaro é uma parceria da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, por meio da Ade Sampa, com a Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania, pasta responsável pela gestão do Centro de Cidadania da Mulher.

Além disso, o espaço conta com uma equipe capacitada para atender as mulheres vítimas de violência doméstica e/ou familiar que estão em busca de uma geração de renda. O serviço-referência presta acompanhamento da questão da violência de gênero e para a realização dos encaminhamentos necessários a cada problema. Entre os serviços jurídicos associados ao atendimento está o encaminhamento ao Programa Tem Saída, feito pela Defensoria Pública, por meio das vagas específicas disponíveis no CATe mais próximo.

O atendimento acontece no próprio Centro de Cidadania da Mulher, localizado na Praça Salim Farah Maluf, s/n, de segunda a sexta, das 8h às 17h. Para mais informações, entre em contato pelo telefone (11) 5521-6626.

Microcrédito para empreendedoras

A SMDET criou um canal de atendimento exclusivo para as empreendedoras da capital que estão em busca de microcrédito para seu negócio. A linha Empreenda Mulher, do Banco do Povo, oferece até R$ 21 mil para as donas de pequenos negócios que precisam de apoio durante a pandemia.

Com taxas de juros de 0,35% a 0,55% ao mês, as empreendedoras têm prazo de pagamento de até 36 meses, para informais, e até 48 meses para MEIs, MEs, EPPs e produtoras rurais com CNPJ. A carência varia de 90 a 150 dias. Para serem elegíveis à linha Empreenda Mulher, as empreendedoras não podem ter qualquer restrição no Serasa ou Cadin e precisam fazer um curso on-line de aproximadamente 12 horas.

O atendimento para oferta desta linha é feito pela Ade Sampa, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, por meio do telefone WhatsApp (11) 99449-1311 A oferta de microcrédito é realizada em parceria com o Banco do Povo, do Governo do Estado de São Paulo.

Feira de Artesanato Mãos e Mentes

Para as artesãs de São Paulo que encontraram no artesanato uma forma de geração de renda e de superação, a Prefeitura irá realizar a Feira de Artesanato Mãos e Mentes Paulistanas – Agosto Lilás. O evento, que ocorre totalmente on-line, contará com a participação de dez empreendedoras credenciadas pelo programa Mãos e Mentes Paulistanas.

Durante a feira as participantes contarão sobre sua história de vida, como superaram a violência doméstica por meio do artesanato, além de expor os seus produtos para compra dos interessados.
A feira será realizada no próximo sábado (14), a partir das 14h, por meio desta endereço: www.facebook.com/spsmdet. Para participar expondo os seus produtos basta estar inscrita no Mãos e Mentes Paulistanas e se cadastrar pelo link: www.bit.ly/inscricoesfeirammp9

MIDIA SOCIAL